segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Mantenha-se atrás da faixa amarela, não chegue muito perto, não acerque-se de meus traumas, não invada meus mistérios, não atrite-se com o meu passado, não tente entender nada: é proibido tocar no sagrado de cada um.
Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário