quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Oi vô,

eu sempre tenho visto seus trejeitos nos gestos de velhinhos simpáticos quando ando de ônibus. Aí eu fico olhando e fico pensando: Que bom que você não quer sair dos meus dias nem da minha cabeça, eu não quero que você saia. Saudades, muitas.
T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário