terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Medos, muitos. Sonhos, tantos. Amigos, poucos. Amor, um de cada vez. Sempre temos em quantidade reduzida aquilo que é bom pra nós.
Caio Augusto Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário